FAZ UM DONATIVO

Sobre Nós

A Soweto Youth Initiative é uma organização comunitária registada. Foi começada em 1999 por Julius Odero como um clube do movimento escutista pelo nome de "Soweto Club". Mais tarde o nome foi mudado para aquele que hoje conhecemos, tendo a ação da organização sido expandida para além do escutismo. O seu principal objetivo é cuidar e empoderar a comunidade, os jovens, assim como as pessoas com deficiência, para que possam todos tornar-se cidadãos responsáveis através do desenvolvimento físico, emocional e espiritual.

Leonor Alhinho

Embaixadora & Coordenadora de Comunicações/Blog

Olá, eu sou a Leonor e tenho 19 anos, vivo em Portugal. Em 2019, ingressei no estudo de direito, mas não estava muito certa dessa escolha. Decidi seguir esse pressentimento e de modo a pensar de forma mais clara sobre o que fazer com o meu futuro, arranjei uma forma de sair da minha zona de conforto. Decidi ir para o Quénia, sendo que a ideia de ajudar os mais desfavorecidos sempre me fascinou. Encontrei a SYI e passei lá, mais ou menos, um mês. Para ser sincera, nem tudo foi fácil. No meu primeiro dia em Kahawa West senti-me muito mal e estar sozinha não era o problema principal. Um passo em Nairobi chega para nos apercebermos que tudo o que já nos foi descrito acerca da pobreza extrema é real, e está ali, à nossa frente. Com o passar do tempo e assim que tive contacto com aquelas crianças espetaculares, comecei a sentir-me em casa. As minhas primeiras duas semanas foram passadas a aperceber-me de tudo o que precisava de mudança, na verdade, um mês num sítio destes parecem dois dias. As infraestruturas, as condições de pobreza, fome, educação, a falta de consciência em problemas tão recorrentes lá, como a gravidez na adolescência, as DSTs, as desistências da escola, as drogas, são uma realidade profundamente enraizada. Mentalizei-me que se conseguir tornar a vida de pelo menos uma criança melhor, era uma vitória, mas eu queria mais. Falei com o meu amigo Vasco (que passado um mês iria lá estar), para que pudéssemos trabalhar numa solução melhor e maior. Agora, e com outro membro, procuramos mudar a comunicação da SYI de modo a promover uma internacionalização da consciencialização destas necessidades. Com os restantes embaixadores e com os meus conhecimentos de comunicação (estou, agora, a estudar Ciências da Comunicação), espero que consigamos alcançar um ponto de viragem que forneça a estas crianças um futuro melhor e mais feliz.


crossmenu linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram